O termo “kickboxing” foi introduzido na década de 1960 como um anglicismo japonês por Osamu Noguchi, um promotor de boxe Japonês, para uma arte marcial híbrida que combinava Muay Thai e Karaté que ele próprio tinha introduzido em 1958. O termo foi posteriormente adoptado pela variante americana. A defesa é muito importante no Kickboxing e são usados os ombros, os braços e as pernas (canela) como um "escudo" para obstruir as técnicas do oponente. Os pontapés circulares e os pontapés frontais são os dois pontapés mais comuns no Kick Boxing, assimilados por diversas outras Artes Marciais pelo facto de usarem um movimento rotatório do corpo inteiro.